Pages

8.2.09

sobra tanta falta

Falta tanta coisa na minha janela, como uma praia. Falta tanto tempo no relógio, quanto uma semana. Sobra tanta falta de paciência que me desespero. Sobram tantas meias-verdades que guardo pra mim mesma. Sobram tantos medos que nem me protejo mais. Sobra tanto espaço dentro do abraço. Falta tanta coisa pra dizer que nunca consigo. Sei lá se o que me deu foi dado, sei lá se o que me deu já é meu, sei lá se o que me deu foi dado ou se é seu. Sei lá. Sei lá. Vai saber se o que me deu quem sabe, vai saber quem souber me salva. Vai saber o que me deu quem sabe, vai saber quem souber me salva.
Vai saber, quem souber me salva.

/oteatromagico.mus.br

3 comentários:

Fanfarrão disse...

Vai saber vai saber...

Dizem que é melhor sobrar do que faltar. Nesse caso, depende do que falta e o que sobra.
Espero que sobrem coisas boas e faltem as ruins, essas... ninguém quer!

Ps: chata com teatro mágico!

De nascimento, Silva. disse...

"... lhe sobra amor, mas te falta alguém - disse displicente, a menina - e tenho apenas pena de quem não o tem..."

(contos para magnólia - o amor)

De alguma forma me lembrou essa parte.

alice maneschy disse...

Teatro as vezes diz tudo que eu queria e não tava conseguindo.