Pages

9.11.09

Arquivos da repressão já!!!!

Estamos em 15 de abril de 1964 e um golpe de Estado do Exército brasileiro acaba de derrubar João Gourlat. O país é agora, governado pelos militares, e assim permaneceria por longos 21 anos. Já não se sabe mais em quem confiar. Os espiões do governo estão infiltrados nas salas de aula, nas reuniões dos sindicatos, em todos os negócios. Qualquer organização é duvidosa. Qualquer dúvida, uma tortura.
24 anos depois? Os arquivos da repressão ainda não foram revelados. Ora, a Central Globo de Produção é o 4º poder do país, revelá-los, seria escrachar a cumplicidade da família Marinho em esconder e promover as atrocidades cometidas. A Globo beneficiava-se dessa ditadura, como se beneficia até hoje de qualquer governo no poder. Porque são raríssimos os casos de conseguir vencer uma eleição sem o seu apoio, e ainda tá para existir na história desse país um candidato que chegue à presidência sem o apoio da burguesia brasileira.
Luís Inácio Lula da Silva tinha tudo para ser diferente, mas se vendeu. E como chegou onde está com o apoio de uma elite, não pode virar de costas para a mesma nesse momento. E assim, a história vai se repetir até o fim dos tempos. Revelar os arquivos da repressão seria revelar as mãos sujas de sangue da maior parte dos que têm imunidade parlamentar há algum tempo. Seria mexer com a alta classe burguesa, por revelar seus trâmites e culpabilidade na maior vergonha da nação. Eu disse maior vergonha? Menti. A maior vergonha é em 2009, os arquivos ainda não terem sido revelados - se é que um dia o serão. É os militares andarem anistiados e livres por aí, enquanto temos que engolir histórias de suicídios e desaparecimentos misteriosos.
Precisamos de mobilização. De guerrilhas do Araguaia. De memória. É disso o que o brasileiro mais precisa. Abrace esta campanha. É uma das minhas mais urgentes. Arquivos da repressão, mostrem-se à nação.
"A ditadura permanece, enquanto a verdade não aparece."

Um comentário:

Helena Chermont disse...

"Revelar as mãos sujas de sangue". Pra quê? Se as mãos sujas de 60 são as mesmas que dirigem todos nós. É o que acontece: a corrupção virou tradicional.
Muito bom, gostei muito, como todos, me prendeu do início ao fim.