Pages

24.10.10

Mikhail Baryshnikov volta aos palcos cariocas




O maior bailarino vivo da dança mundial - ainda que ele relute em assumir essa definição -, aos 62 anos, sobe ao palco do Teatro Municipal do Rio de Janeiro nos dias 29 e 30 de outubro ao lado da bailarina espanhola Ana Laguna (54), para apresentar seu mais novo espetáculo de balé contemporâneo "Três solos e um dueto".

Em Três solos e um dueto, Mikhail Baryshnikov e Ana Laguna brilham em um programa de quatro peças. O primeiro é Valse-Fantasie, com coreografia do russo Alexei Ratmansky, no qual Baryshnikov dança o tema do compositor Mikhail Glinka (1804-1857), considerado o pai da música erudita russa. A seguir Ana Laguna dança uma versão de Solo for Two, criada especialmente para ela pelo coreógrafo sueco Mats Ek. O terceiro segmento trás uma nova versão do incensado número Years Later, em que Baryshnikov dança à frente de imagens de si mesmo jovem, em coreografias do francês Benjamin Millepied, o principal nome do New York City Ballet. No encerramento, os dois artistas voltam juntos ao palco em Place, peça de 22 minutos coreografada por Mats Ek, na qual Baryshnikov e Ana Laguna interagem com uma mesa e um tapete, trazendo elementos cenográficos ao centro da narrativa.

Os ingressos variam de 40 à 260 reais e estão à venda na bilheteria e no site da Ticketronic. E oportunidade para ver o primeiro bailarino do Kirov, American Ballet Theatre e New York City Ballet, em uma única pessoa, em duas únicas apresentações no Rio, estão em extinção - por isso, até lá.

2 comentários:

Helena Chermont disse...

NÃO ACREDITO. TROCO O PAUL PELO BARYSHNI!

socorrosabba disse...

IMPERDIVEL!!!Gostaria muito de ter oportunidade de ve-lo,por mais que nunca tenha sido apaixonada por ballet,um ícone desse, seria no minimo um grande espetaculo. SOCORRO SABBA